Motivos para (fazer) Arquitetura

o-curso-de-arquitetura-e-urbanismo-é-sensacional-e-você-vai-amar-benderartes.blogspot.com

     Imagem: TweSwe /Pixabay

O Curso de Arquitetura e Urbanismo é uma ótima escolha.

Se você está pensando em prestar vestibular  e está em dúvidas sobre o curso, ou se você começou a pouco tempo e está inseguro quanto a sua escolha, este artigo é para você.

Antes de mais nada, preciso informar que esta é uma continuação de outro artigo. 

Então, se você veio de lá, seja bem-vindo.

Se você caiu direto aqui, sugiro que veja o outro artigo primeiro. Assim você terá as informações necessárias para decidir se escolhe, ou não, o Curso de Arquitetura e Urbanismo. Acesse o o artigo anterior aqui.

Aqui vou abordar 5 motivos para você fazer o Curso de Arquitetura e Urbanismo.

No outro artigo, que recomendei acima, você encontrará 5 motivos para não fazer o curso de Arquitetura e Urbanismo.

Creio que é importante saber o lado bom e o lado ruim também, então, caso queira aceitar a sugestão, você pode encontrá-lo aqui.

Pra que leu o outro texto, viu o quanto eu explorei 5 pontos negativos do Curso de Arquitetura e Urbanismo.

Eu poderia ter citado outros, mas na verdade. minha intenção não é denegrir o curso que tanto gosto.

Agora, depois de todas as desgraças que vimos, partiremos para o lado bom do curso e de todas as possibilidades e alegrias que ele proporciona.

São muitos coisas positivas e a profissão de arquitetos é privilegiada por vários fatores também. Veremos tudo isso daqui em diante.

Imagino que você vai gostar e, se leu sobre os pontos negativos, aqui veremos que eles não são pários para tudo de bom que o Curso de Arquitetura e Urbanismo oferece.

Então, fique ligado(a) e...Lets Go!


5 Motivos para FAZER Arquitetura e Urbanismo


5-motivos-para-você-fazer-o-curso-de-arquitetura-e-urbanismo-benderartes.blogspot.com
      imagem: rawpixel /Pixabay

Assim como no outro texto, que falava sobre os pontos ruins do curso, cabe avisar aqui também que nem tudo que eu considerarei bom, você vai concordar.

Tudo que falo é baseado na minha opinião como estudante de Arquitetura e no que costumo ouvir de colegas e pessoas que já encerraram o curso e atuam como arquitetos.

Fique a vontade para comentar sobre as questões que não concorda e estarei aqui para ouvir o que você pensa.

Então, chegou a hora!

1- Arquitetura e Urbanismo - Matérias


Essa é uma questão que sempre vale a pena destacar pois é uma preocupação de estudantes que pensam em optar pelo Curso de Arquitetura e Urbanismo e odeiam matemática, assim como eu.

Eu também me preocupava com isso e cheguei a pensar em escolher outro curso por ¨medinho¨de matemática. ( que se transformou em ódio ).

Numa média de 45 disciplinas que formam o Curso de Arquitetura e Urbanismo, você terá de 5 a 6 disciplinas onde precisará enfrentar a matemática.

Esse número varia dependendo da Universidade. Confira a grade do curso na Universidade que você escolheu.

Mas não se preocupe. E veja que quem está te dizendo isso sou eu, alguém que não se dá muito bem com cálculos.

Lembro que no ensino médio, em alguns momentos, até parecia que eu era bom em matemática, mas agora vejo que era em um ou dois conteúdos.

Quando eu estava achando que a coisa estava engrenando, logo surgia uma nova matéria que fazia com que eu voltasse para o meu lugar, ou seja, voltava para a mediocridade.

E a coisa foi só piorando com o passar do tempo. Tenho muita dificuldade atualmente. Às vezes entendo o conteúdo e penso que dessa vez aprendi.

Isso só dura o tempo que estou na aula ouvindo o professor. Assim que chego em casa já esqueci tudo e o negócio desanda. 

Volto para a próxima aula como um aluno que chega pela primeira vez na escola, no primeiro ano do ensino fundamental.

E eu, que possivelmente sou pior do que você, estou conseguindo me virar e, pasmem, em Geometria Descritiva terminei com nota 9,8.

Em Introdução às Ciências Exatas, média 8,5.

Ou seja, você vai dar um jeito, principalmente se pegar um bom professor. E pode acreditar, a grande maioria dos professores são gente boa e não estão lá para te destruir.

Como disse, as disciplinas variam dependendo da Universidade, mas certamente você encontrará disciplinas como as do quadro abaixo:

disciplinas-do-curso-de-arquitetura-e-urbanismo-que-envolve-matemática-benderartes.blogspot.com

Olhando já dá um calafrio, né? Mas não olha! Deixe para vê-las, cada uma delas, no momento adequado durante o curso.

Acredite, você vai conseguir. Se eu estou conseguindo, você também consegue.

Eu desenvolvi um método que me ajuda a encarar qualquer coisa. Não só em termos de matemática mas nos projetos, maquetes, desenhos, e até nos problemas do dia a dia.

Passei a pensar em tudo de complicado que me aparece como se fosse um ¨quebra-cabeças¨.

Na primeira vista parece complicado. Tem aqueles com mais de mil peças que parecem impossíveis. Mas você começa a montar, encaixa uma peça aqui, outra ali, uma acolá, e quando vê, tá montado.

Pra mim funciona e faz com que eu não me apavore, seja diante do que for. Basta ir resolvendo por partes que não tem erro, acaba dando certo.

Então, não se preocupe com a matemática. São poucas disciplinas e com um pouco de empenho dá pra superar tranquilo.

Não deixe que a matemática te afaste do curso de Arquitetura e Urbanismo pois o curso é demais e vale todos os esforços.

Também é preciso considerar que as aulas na faculdade são diferentes das do ensino fundamental e médio ( nem sei mais se é só fundamental, ou só ensino médio, ou os dois).

Essas duas disciplinas que falai acima, onde fiquei com médias boas, os professores eram sensacionais e abordaram os temas de uma forma bem mais fácil de digerir.

Vou confessar que eu estava aprendendo e indo bem, minhas notas demostram isso. mas claro, agora que já termine i não lembro mais de nada (risos)

Mas, resumindo, não se assuste! Tem matemática mas é pouco, comparado com toda grade do curso.

Vamos arredondar e estipular que apenas 10% de todo curso você terá de encarar a matemática. É pouco, certo?

Ah, e algo que é muito importante e que vai te encorajar. Dá pra usar calculadora!


curso-de-arquitetura-e-urbanismo-tem-pouca-matemática-benderartes.blogspot.com

2- O Curso de Arquitetura e Urbanismo é difícil, mas você sobreviverá.


Como vimos no outro artigo, o Curso de Arquitetura e Urbanismo está entre os que mais exigem dedicação e tempo dos estudantes.

Os alunos do curso costumam dizer que, sem dúvidas, é o que mais exige! E eu concordo.

Mas é preciso esclarecer alguns pontos:

1- Quem diz isso geralmente são os que deixam tudo pra última hora (eu, por exemplo)

2-  Depois do primeiro e segundo semestre a gente se acostuma, pega o jeito e o negócio flui melhor.

3- Você não estará sozinho. Seus colegas também passarão por isso juntos com você. Isso dá uma amenizada porque, confessa, é menos ruim estar enrascado quando sabemos que o colega ao lado também está!

Dessa questão sobre o curso exigir muito do aluno não se pode fugir, realmente é verdade. Se está duvidando, peça para um amigo seu que faz o curso.

Mas veja que bacana, o fato de toda turma estar a bordo do mesmo barco, acaba criando uma parceria que poucos cursos proporcionam.

No de Curso de Arquitetura e Urbanismo você fará muitos amigos que te acompanharão para o resto da vida.

É incrível os alunos de Arquitetura são unidos. Precisando, a ajuda virá de todos os lados. 

Posso dizer que foi agora, durante o curso que percebi mais claramente o que é solidariedade. E não só por parte dos colegas, os professores, os verdadeiros responsáveis pelos problemas criados, ficam apreensivos também e te ajudarão no que precisar.

Não foi uma nem dez vezes que eu não fui na aula e que teve trabalho e, mesmo sem minha presença, os colegas me incluíam no trabalho.

Devo confessar que muitos eu não fiz nada e acabei incluído da mesma forma e me beneficiando da avaliação recebida.

Assim como muitos fiz sozinho e incluí colegas. Faz parte da solidariedade e da amizade que falei acima.

Muito das reclamações sobre a pressão que os alunos sofrem acaba sendo por conta da desorganização.

Se você é uma pessoa organizada, não terá esse problemas. 

Não vai precisar passar noites em claro, pelo menos não muitas, nem quase se matar para entregar os trabalhos.

Aproveitando bem o tempo das aulas você poderá resolver grande parte das problemas em aula mesmo, e isso fará com que você não precise passar todos os finais de semanas mergulhado em desenhos.


Não-é-novidade-que-os-alunos-de-arquitetura-e-urbanismo-precisam-estudar-e-fazer-muitos-trabalhos-além-das-aulas-benderartes.blogspot.com
                             Imagem: uslikajme / Pixabay 

No outro artigo, onde falei dos pontos negativos, sugeri que, pra quem não quer fazer muito esforço, ou não gosta, seria melhor fazer um curso à distância (EAD).

Eu não sabia, mas depois fui ver que o MEC autorizou que o Curso de Arquitetura e Urbanismo pudesse ser disponibilizado no formato (EAD).

Eu fiquei impressionado com isso, e apavorado também.

O Curso de Arquitetura requer muita prática e considero as aulas presenciais fundamentais.

Muitas questões e conteúdos vejo como extremamente problemáticas em se aprender por conta. Pois é isso que, no fundo, os cursos à distância são. Apesar de receber conteúdo e tudo mais, nesse caso sim você precisará se dedicar muito mais.

Claro, isso se sua intenção for a de se tornar um arquiteto capaz de encarar a profissão depois de formado.

Por esse motivo que me apavorei. Imagino o quanto de arquitetos ¨meia boca ¨ surgirão daqui pra frente.

As Universidades mais conceituadas reprovam essa ideia, assim como o próprio CAU/BR ( conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil).

Então, pra encerrar esse tópico, não se impressione se alguém quiser te amedrontar ou desencorajar afirmando que o Curso de Arquitetura e Urbanismo exige esforço e dedicação acima da média.

Não é um ¨bicho de sete cabeças¨ e basta uma certa organização e disciplina para nem perceber a pressão. Não se impressione com isso.

E por favor, faça o Curso de Arquitetura e Urbanismo no formato PRESENCIAL!

Não se deixe seduzir pelas facilidades e benefícios, assim como os valores mais baixos de um curso (EAD), pelo menos não se sua escolha for Arquitetura e Urbanismo. Se for pra fazer, faça a coisa certa!


3- Quanto custa a faculdade de Arquitetura e Urbanismo


o-curso-de-arquitetura-e-urbanismo-é-um-dos-cursos-mais-caros-de-graduação
         Imagem: Skitterphoto / Pixabay 

Como vimos no outro artigo que abordava os pontos negativos do Curso de Arquitetura, trata-se de um curso caro.

Os valores variam de acordo com a Universidade escolhida mas, devido aos materiais de arquitetura serem caros também, além de outras questões que também já vimos antes, não tem como escapar dos gastos relativamente altos.

Não existem muitos argumentos para amenizar isso a não ser apelar para o pensamento positivo e para o fato que vale a pena mesmo assim.

Qualquer curso de graduação é caro (em Universidade Particular), e para realmente valer a pena em termos de custos, até mesmo numa Universidade Pública haverão esforços a serem feitos.

Já vimos também que, apesar das Universidades Públicas não terem mensalidades, existe um custo de logística para você se manter em termos de moradia, transporte, alimentação e materiais do curso (disso você não escapará, tanto em Universidades Públicas quanto Privadas).

Mas nem tudo está perdido! Existem soluções para a questão de investimentos no Curso de Arquitetura e Urbanismo.

Considerando os cursos particulares que, sem dúvida, são os que mais demandam gastos, você pode contar com alguns auxílios.

O Governo dispõem de financiamentos como o FIES e o PROUNI.

Normalmente, as próprias instituições privadas contam com financiamentos internos que você pode contratar junto à Universidade que escolheu para fazer o Curso de Arquitetura e Urbanismo.

Outra possibilidade é que Universidades Privadas costumam contratar estudantes para trabalharem na instituição e fornecem descontos de 50 a 80% nas mensalidades.

As próprias instituições privadas dispõem de bolsas de estudo que ajudam muito, possibilitando que você consiga pagar as mensalidades.

E se mesmo assim ficar complicado, você pode optar por fazer menos disciplinas. Isso é bem comum e vemos muitos estudantes fazendo 3, 2, até uma disciplina por semestre.

Claro que isso interfere no tempo de conclusão do curso, mas para quem deseja fazer o Curso de Arquitetura e Urbanismo, assim como qualquer outro, não verá isso como um grande problema.

Talvez sua situação financeira melhore e mais tarde você consiga voltar a fazer todas as disciplinas referentes ao semestre.

Novamente eu apelaria para o método que falei anteriormente que eu passei a usar, do ¨quebra-cabeças¨

Antes de iniciar o Curso de Arquitetura e Urbanismo eu pensei no quanto teria que investir mensalmente. Pensei na duração do curso, em como conseguiria a grana para pagar a mensalidade e outras questões que me perturbavam.

Depois parei por um momento e cheguei a conclusão de que não poderia prever o futuro, e que de qualquer forma, seria melhor estar fazendo o curso, mesmo que em marcha lenta, do que não fazer nada.

Se a situação apertasse, ou apertar (já que ainda vivo este dilema), eu faço menos disciplinas, tranco a faculdade por um semestre, não sei bem, mas estou convicto de que, de uma forma ou de outra, darei um jeito de concluir.

E é isso que o método do ¨quebra-cabeças ¨trata, pegar o problema e resolve-lo por partes. Se encarar os problemas sem desmembrá-los, qualquer coisa poderá parecer impossível.

Claro que é necessário ser realista e estar com os pés no chão. Mas acredite, quando você quer muito alguma coisa, acaba-se dando um jeito.

E como vimos, existem alternativas que poderão te ajudar a cobrir os gastos e seguir seu sonho.

O Curso de Arquitetura e Urbanismo é sensacional e, após iniciar, dificilmente você desistirá. Pelo contrário, vai gostar tanto que fará de tudo para continuar.

E acredite, você vai conseguir. E o gostinho de vitória no final será ainda mais saboroso.  

Veja nos gráficos abaixo, embora sejam pontuais, mas que dão uma noção do nível de satisfação do Curso de Arquitetura e Urbanismo:

  Curso-de-arquitetura-está-entre-os-cursos-com-menores-taxas-de-evasão-benderartes.blogspot.com

o-curso-de-arquitetura-e-urbanismo-tem-indice-de-evasão-baixo-benderartes.blogspot.com


Já cursos tradicionais e, talvez, que você pense que geram satisfação e baixos índices de desistência, pelo contrário, acabam tendo uma taxa de evasão extremamente altos.

Confira no gráfico abaixo:


Resumindo, apesar do valor do Curso de Arquitetura e Urbanismo ser considerado elevado, os índices de permanência no curso assim como o grau de satisfação são animadores.

É como eu disse acima, depois que você entra, a tendência é que você goste, fique satisfeito e, quanto aos valores, sempre existirá uma solução.

Não deixe que a questão financeira te desanime e, ¨bora lá¨, opte pelo Curso de Arquitetura e seja feliz!


4- Quanto ganha um arquiteto - salário inicial de arquiteto


Os arquitetos são vinculados ao CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil), instituição que funciona como uma espécie de sindicato do arquitetos.

O CAU estipula como piso salarial para os arquitetos um valor de aproximadamente 8 mil reais.

Porém, muitos arquitetos, principalmente recém formados, acabam optando pelo serviço público e, nesse caso, por exemplo os Municípios, não costumas respeitar o que determina o CAU/BR.

O valor do piso salarial no serviço público costuma variar de acordo com os Estados e Municípios.

Analisando alguns Municípios, pude constatar uma média salarial de aproximadamente 5 mil reais.

Eu, particularmente, assim como a grande maioria dos profissionais de arquitetura, consideram um valor bem abaixo do que a função deveria ganhar.

O CAU tem lutado para que o piso estipulado por ele, mas sabemos que, principalmente no Brasil, as coisas não funcionam como deveriam.

Eu vejo que a solução para isso, de modo que você, e eu, e todos os arquitetos sejam valorizados, é se dedicar durante a formação, e paralelamente ir se especializando para torna-se um profissional de excelência.

Se você não se empenhar no Curso de Arquitetura e Urbanismo, se ficar só com o conteúdo que recebe nas aulas, se não houver um interesse genuíno e individual em busca de aperfeiçoamento, talvez, você terá que se contentar com esses 5 mil reais.

E veja bem, em muitos casos os 5 mil podem ser considerado bom!

Muitos arquitetos recém formados, devido a grande quantidade de profissionais que se formam anualmente, e devido a falta de experiência ou despreparo, acabam tendo que trabalhar em escritórios de arquitetura com salários não muito maiores do que o de estagiários.

Mas isso não é uma particularidade do Curso de Arquitetura e Urbanismo e da profissão de arquiteto.

Por conta da competitividade atual, em qualquer segmento você precisará estar entre os melhores para se destacar e ganhar a grana compatível com o esforço feito para concluir o curso.

Eu realmente acho que depende quase que totalmente de você, o quanto sucesso terá, tanto profissional, como social e econômico.

o-curso-de-arquitetura-exige-dedicação-para-que-você-tenha-sucesso-benderartes.blogspot.com
     Image: TeroVesalainen / Pixabay

Obviamente que não se trata só de meritocracia. Percebo que o seu círculo de amizades e influências pode proporcionar projetos grandiosos ou projetos populares, pelo menos no princípio, até que você consiga se destacar pelo talento.

Também não podemos desconsiderar a sorte!

Mas, sem dúvidas, quanto mais preparado você estiver melhores serão suas chances e maiores a probabilidades de ser bem sucedido.

O que eu percebo, é que, de cada cinquenta alunos, apenas dois, no máximo três se empenham de modo a surtir efeitos positivos no futuro.

E aí entra a questão do interesse pessoal e de buscar informações e aprendizados que vão além da sala de aula.

Claro que, mesmo esses 47 alunos que não estão tão empenhados, não quer dizer que são medíocres. Principalmente em Universidades Privadas onde se investe bastante e são poucos os loucos que rasgam dinheiro.

No geral existe o empenho por parte de todos. Mas na minha opinião, principalmente hoje em dia, já não basta um dedicação mediana, é preciso muito, mas muito mais.

Acredito piamente que um arquiteto, mesmo recém formado, que está bem preparado, não precisará trabalhar como funcionário em escritório de terceiros nem entrar para o serviço público.

Aqueles que se empenharem de forma intensa, tenho certeza que até mesmo antes de formado já estarão habilitados e com autonomia para se virarem sozinhos. 

E o destaque se dará justamente por isso, pelo nível mediano que grande parte dos recém formados possuem.

Já não basta mais um papel com intitulado por diploma.

O mundo atual e o mercado de trabalho não estão para brincadeiras e muito menos para piedade.

Se você não for bom, dificilmente conseguirá extrair da profissão tudo que ela pode proporcionar.

Assim, como em todas as profissões, existem aqueles que estão numa situação ruim, existem os medianos que se viram bem, mas também existem os que estão no topo.

É obvio que a arquitetura dá dinheiro, muitos arquitetos estão milionários, mas isso vai depender muito de cada um, e principalmente do quanto se dedicou e está realmente num nível superior.

De qualquer modo, o Curso de Arquitetura e Urbanismo é extremamente abrangente em termos de conteúdo e possibilidades e, a princípio, prepara os estudantes que virão a se tornarem arquitetos, aptos para trabalharem em diversos segmentos e setores.

Confira abaixo uma relação de atuação onde arquitetos estão aptos para trabalhar. Em muitos desses casos, somente um arquiteto pode exercer a função.

arquitetura-e-urbanismo-funções-exclusivas-de-arquiteto-benderartes.blogspot.com
     Fonte: CAU/BR 

A dica é:

Se dedique ao máximo, faça tudo da melhor forma possível e se empenhe que você terá tudo para ser um arquiteto bem sucedido.

E vai ganhar muita GRANA!


5- Por que fazer Arquitetura e Urbanismo?


Por-que-fazer-arquitetura-e-urbanismo-benderartes.blogspot.com-5-motivos-para-fazer-aqruitetura
     Imagem: BruceEmmerling /Pixabay  

Bom, espero que depois de tudo que vimos, essa resposta você mesmo seja capaz de encontrar.

De qualquer modo, vamos falar um pouco sobre isso e recapitular de maneira a chegarmos em uma conclusão.

No outro artigo, o que foi sugerido no início deste texto que fosse lido, e com este, vimos questões como:

* Pontos negativos da Arquitetura
* Desvantagens de ser arquiteto
* Quer fazer Arquitetura mas não sei matemática
* Arquitetura e Urbanismo - preços
* Arquitetura e Urbanismo - Mercado de trabalho
* Arquitetura e Urbanismo (EAD)
* Arquitetura e Urbanismo - Salários
* Estudar Arquitetura é difícil
* Falamos dos prós e contras de Estudar Arquitetura e Urbanismo 

Dentre outras coisas.

Não tive como intenção fazer uma apologia ao curso de Arquitetura.

Não tive a intenção de desanimá-lo ao falar dos pontos negativos.

Procurei abordar, de forma resumida, algumas das principais dúvidas e questões que acabam gerando inseguranças na hora de escolher o Curso de Arquitetura e Urbanismo.

faça-o-curso-de-arquitetura-e-urbanismo-você-não-vai-se-arrepender-benderartes.blogspot.com
     Imagem: StockSnap /Pixabay  

Analisando agora, penso que me esforcei mais na hora de destacar os pontos negativos de fazer Arquitetura e Urbanismo.

Mas isso tem uma explicação.

É muito mais complicado achar motivos contra do que a favor.

Espero que depois ter ter lido tanto o lado ruim como o lado bom do Curso de Arquitetura, você tenha conseguido chegar nas suas próprias conclusões.

A pesar de reconhecer as coisas ruins do curso, sou um entusiasta e penso ter escolhido o curso certo pra mim. Não me arrependo de ter escolhido Arquitetura e Urbanismo!

Eu realmente acho, pelo menos se eu fosse o leitor, que acharia que o curso de Arquitetura é uma excelente escolha.

Penso ter deixado claro as possibilidades e o potencial que podemos alcançar ao optar por este curso.

Claro que muitas questões ficaram de fora. Qualquer coisa, deixem nos comentários que responderei ou se necessário, faço outro artigo abordando as dúvidas e incluindo as sugestões.

Mas pra deixar bem claro, eu recomendo muito o Curso de Arquitetura e Urbanismo e tenho certeza que, quem escolhê-lo, sabendo desenhar ou não, gostando de matemática ou não, querendo ficar rico ou não...vai gostar muito!

O curso de Arquitetura abrange vários conteúdos, desde matemática e física, filosofia e ética, bom senso e estética, sustentabilidade, geografia, história, geopolítica...

E principalmente, é uma ciência e uma profissão que tem como principal objetivo, melhorar a vida das pessoas, torná-la mais digna r igualitária.

A Arquitetura é a mãe de todas as artes.

    Imagem: geralt /Pixabay

Sem a Arquitetura não teríamos chegado onde chegamos. Ela foi, e é, fundamental para a evolução de nossa espécie.

Assim que nossos ancestrais desceram das árvores e passaram a andar como bípedes, a primeira coisa que possibilitou sua sobrevivência foi um abrigo para se proteger.

E as cavernas foram as primeiras formas de arquitetura existentes, ou seja, a arquitetura nos acompanha e nos auxilia desde os primórdios.

A Arquitetura proporciona ao profissional especializado nela uma certa nobreza.

No Egito antigo, arquitetos como Imhotep, foram considerados deuses.

Na Grécia antiga a Arquitetura era ponto central, e assim em praticamente todas as épocas, esteve ligada a tudo que era mais sagrado e elevado.

partenon-grécia-arquitetura-curso-benderartes.blogspot.com
    Imagem: CManfredsson /Pixabay

Ou seja, ao escolher esse curso você acaba recebendo muito dessa importância e nobreza que a Arquitetura carrega.

E pra encerrar, eu te desejo sucesso, seja como arquiteto ou advogado, médico ou professor e, obrigado pela paciência de ter chegado até aqui. Ainda mais se você. além deste artigo, leu o outro.

Como eu disse, se você fez isso, está apto a entrar no Curso de Arquitetura e Urbanismo.

Ou chegou a conclusão de que não tem nada a ver com você.

De qualquer modo, espero ter te ajudado!

0 comentários:

Postar um comentário

comentários