Imagens realistas [ Maquete Eletrônica ]

curso maquete eletronica


Se tem uma coisa que não se pode mais descartar em termos de arquitetura e apresentação de projetos é a  Maquete Eletrônica

pra quem não está familiarizado com o termo, são imagens produzidas através de Sofwares 3D como 3Ds Max, Cinema 4D, Blender e O programa que vem ganhando espaço no mercado por conta da facilidade de uso e de modelagem, o Sketchup. Outro motivo do Sketchup estar em ascensão é devido ao seu uso quase que de forma unânime nos cursos de Arquitetura e Urbanismo nas universidades.


maquete eletronica sketchup


Apesar disso, no meio profissional de quem trabalha com computação gráfica, em especial, maquetes eletrônicas, também chamadas de maquetes 3D ou imagens 3D, o Sketchup é estereotipado como um software de segunda categoria, embora seja possível fazer imagens muito boas com ele. De qualquer modo, podemos dizer que o 3Ds Max da empresa Autodesk é o programa mais popular para a confecção de maquetes eletrônicas. Mas sua popularidade não é em vão, o programa é realmente muito superior, se comparado ao Sketchup, pois reúne uma gama imensa ferramentas e recursos, não só para maquete eletrônica, como para animações, modelagens 3d em geral, criação de personagens, próteses e praticamente qualquer coisa que se possa imaginar.


maquete eletrônica



A qualidade das imagens têm melhorado muito nos últimos tempos devido aos avanços tecnológicos que tornam os programas cada vez mais eficientes e intuitivos. 


Isso acabou fazendo com que, tecnicamente, muitas imagens realistas tenham surgido e, não são raros, os casos de usuários sem muita experiência que em pouco tempo conseguem bons resultados. Nesses casos, não podemos deixar de considerar os renderizadores como V-Ray, Corona render, Octane render, Arnold e muitos outros. Os renderizadores, em especial, são os grandes responsáveis pelo realismo pois é a partir deles que se configura a iluminação de maneira que se aproxime da realidade.

Os renderizadores também são responsáveis por esse ¨boom¨ do aumento de pessoas trabalhando com maquete 3D, e pela qualidade que, como dissemos, já pode ser conseguida por usuários inexperientes. O mercado está bastante saturado e vem sendo prostituído justamente por esses usuários que não possuem um comprometimento com a profissão e acabam fazendo trabalhos por valores ridículos.


Mas nem tudo está perdido, pois para se obter uma imagem 3D realista e atraente, que se diferencie perante esse tsunami de imagens que inundam o mercado, é preciso mais do que um bom software e um renderizador preciso. 


Criar uma imagem 3D realista é algo que exige mais do que técnica, é uma arte, além de esforço e dedicação, exige outros conhecimentos, inspiração e tudo que grande artista possuem quanto ao processo de trabalho e concepção da obra.

Não se consegue realismo sem que se tenha noções de fotografia, de composição, cores e sem apurar seu olhar sobre a realidade em si. Uma maquete eletrônica precisa mais do que uma boa iluminação, é preciso que se consiga criar um clima interessante. A observação da realidade é importante para que se crie materiais convincentes, texturas com vivacidade, luzes com temperatura e intensidade adequadas, além da modelagem dos objetos que também precisa ser bem detalhada, em suma, uma série de cuidados são necessários para que se obtenha um resultado agradável, realista e atraente.


3ds max


Como Já disse o mestre Oscar Niemeyer, e que podemos adaptar para esse caso, um artista gráfico precisa saber de literatura, poesia, estudar a história, ter uma cultura vasta, tudo isso se reflete em sua obra e a enriquece. (Não foi exatamente isso que Niemeyer disse, mas é por ai). Mas o importante é que para se fazer maquete eletrônica com qualidade e realismo, precisamos do mesmo empenho, técnica e inspiração de um Picasso, Dali, Portinari. As imagens 3D precisam ser encaradas como obras de arte, só assim se consegue um diferencial.


O mercado está saturado, sim, mas isso não deve ser visto como algo desanimador para que está iniciando ou quem ainda pretende iniciar. 


Todos já sabemos do clichê que, apesar de clichê, é muito verdadeiro, o que se faz com amor e dedicação, tudo aquilo que fazemos com prazer e capricho, inevitavelmente acaba se destacando. Isso serve para qualquer ramo ou profissão, num mundo cada vez mais competitivo e tecnológico, a humanização e o sentimento passam a ter um grande valor, o que estranho, já que humanização e sentimentos deveriam ter essencialmente valor, mas diante do bombardeio de informação, avanços tecnológicos, consumismo e superficialidade, humanização e sentimento se tornaram raros e praticamente joias raras.




Esse é, na minha opinião, o segredo do realismo e das imagens atraentes e impactantes, fazer com que elas tenham algo a mais do que a técnica precisa e fria, uma maquete eletrônica precisa de uma pitada de sentimento, um punhado de capricho, umas duas xícaras de amor...essa é a receita para se obter imagens que se distinguam e que lhe manterão vivo e próspero nesse segmento.

Um comentário:

comentários